Skip to main content

Gordon McInally, da Escócia, foi selecionado para presidir o Rotary International em 2023-24

por

Gordon McInally, do Rotary Club de South Queensferry, Escócia, foi selecionado pela Comissão de Indicação para presidir o Rotary International em 2023-24.

Gordon McInally, do Rotary Club de South Queensferry, Escócia, foi escolhido pela Comissão de Indicação para ocupar a presidência do Rotary International em 2023-24. Ele será declarado presidente indicado oficialmente em 1º de outubro, se não houver nenhum candidato opositor.

McInally elogiou a capacidade de adaptação tecnológica do Rotary durante a pandemia da covid-19, dizendo que a abordagem deve continuar e ser combinada com o melhor de nossas práticas passadas, já que o Rotary busca crescer e aumentar o engajamento dos participantes.

"Descobrimos que há nas comunidades uma disposição em cuidar do próximo, e devemos incentivar as pessoas que abraçaram recentemente o conceito de voluntariado a se unirem a nós para seguirem prestando serviços humanitários", diz ele.

Segundo McInally, a capacidade dos líderes seniores se comunicarem diretamente com os associados pela internet será um legado positivo das mudanças que o Rotary teve que fazer. Mas, ele acrescenta, "as reuniões presenciais continuam sendo importantes, pois incentivam uma maior interação".

De acordo com McInally, a melhor maneira de aumentar o quadro associativo é pelo engajamento. Ele explica que, para melhor apoiar os clubes, o Rotary International, os líderes regionais e as equipes distritais precisam se envolver com eles. O engajamento pelas mídias sociais reforçará a marca do Rotary e mostrará as oportunidades que oferecemos. Ainda segundo ele, o engajamento com governos, corporações e outras organizações levará a parcerias significativas.

Com um maior engajamento, McInally acredita que "faremos o Rotary crescer tanto em termos de quadro associativo quanto no que diz respeito à nossa capacidade de prestar serviços significativos".

Ele acrescenta que "o quadro associativo é a força motriz da nossa organização e a flexibilidade hoje existente deveria ser usada para a formação de clubes com novos estilos que seriam atraentes para segmentos demográficos diferentes".

McInally, que se formou como cirurgião-dentista na Universidade de Dundee, era proprietário de um consultório em Edimburgo. Ele foi presidente da Sociedade Britânica de Odontopediatria e ocupou vários cargos acadêmicos. Também serviu como presbítero, presidente do Conselho da Congregação da Paróquia de Queensferry e comissário da assembleia geral da igreja.

Associado do Rotary desde 1984, McInally já foi presidente e vice-presidente do Rotary International na Grã-Bretanha e Irlanda. Também serviu ao Rotary International como diretor e membro/presidente de várias comissões. Atualmente, é conselheiro da Comissão da Convenção de Houston de 2022 e vice-presidente da Comissão de Revisão de Operações.

McInally e sua esposa, Heather, são Doadores Extraordinários e Benfeitores da Fundação Rotária. Eles também são membros da Sociedade de Doadores Testamentários.

Os integrantes da Comissão de Indicação para o cargo de presidente do Rotary International em 2023-24 são: Gérard Allonneau, França; Ann-Britt Åsebol, Suécia; Basker Chockalingam, Índia; Corneliu Dincă, Romênia; Celia Cruz de Giay, Argentina; Mary Beth Growney Selene, EUA; Jackson Hsieh, Taiwan; Masahiro Kuroda, Japão; Larry Lunsford (secretário), EUA; Anne Matthews (presidente), EUA; Akira Miki, Japão; Eun-Soo Moon, Coreia do Sul; Peter Offer, Inglaterra; Ekkehart Pandel, Alemanha; M.K. Panduranga Setty, Índia; Andy Smallwood, EUA; e Steven Snyder, EUA.

 

Gordon McInally, do Rotary Club de South Queensferry, Escócia, foi selecionado pela Comissão de Indicação para presidir o Rotary International em 2023-24.